Espelho Veneziano

Com sua arte cravada no próprio vidro, o espelho veneziano tendem as ser o centro das atenções, uma obra de arte a parte. Sua criação data do século XIV e costumavam ser peças extremamente caras, chegando a custar o mesmo valor de uma peça de arte. Essas peças originais são caríssimas, e muitas delas se encontram em museus. A peça que vamos tratar aqui são as réplicas, muito usadas como peça de decoração e como é possível alocá-los dentro de casa para que o ambiente fique muito moderno.

Espelho Veneziano

O espelho veneziano costuma carregar em si uma carga decorativa muito forte, portanto cuidado ao colocá-los em um ambiente já muito poluído, a ideia dessa peça é fazer um quadro vivo. Os espelhos estilo veneziano costumam custar mais barato por serem réplicas. Se você possui um ambiente mais clássico, com poucos acessórios essa peça é ideal para compor a decoração da sua casa.

Uma idéia muito boa também para espelhos venezianos  é fazer uma moldura com pastilhas de vidro, isso mesmo, em volta do espelho coloque uma pastilha diferenciada, isso faz com que se tenha a impressão de moldura de vidro, que é a principal característica do espelho veneziano.

Outra maneira bacana de usar espelhos venezianos é fazer uma composição bem bacana com espelhos de diferentes tamanhos em uma parede clara. Esse ambiente deve ter poucas peças marcantes de decoração uma vez que essas peças chamam muita atenção.

Se sua casa tiver um hall, um espelho veneziano cairia muito bem. Por ser um ambiente de transição e por esse motivo haver dificuldades de decorá-lo, essa peça o faz por si só. Se você for do estilo romântica pode aplicar uma peça no quarto também, sobre a penteadeira o quarto ficará com um ar vintage e moderno ao mesmo tempo.

Na sala de jantar é possível investir num modelo um pouco mais sóbrio que acompanhe a complexidade do ambiente. Bem se sabe que esse ambiente é também um ambiente de transição, fazendo-se necessário, por esse motivo o uso de muito bom censo.