Você sabe a diferença entre piso cerâmico e revestimento cerâmico? Essas peças se diferem somente quanto a aplicação, enquanto os pisos cerâmicos são destinado para o chão, os revestimentos podem ser tanto de chão quanto de paredes, alem disso, o piso tem tamanho maior que o revestimento.

Os revestimentos em cerâmica para cozinha ainda são muito usados hoje em dia. Diferentemente do que muitos pensam a indústria tem se reinventado para atender um público cada vez mais exigente. Essas peças são excelentes soluções para quem está reformando ou construindo. De diferentes tamanhos, tipo e cores, essas peças também têm padrões rígidos de qualidade, e se você pensa em investir nisso, deve saber.

Procure combinar revestimento da parede com o piso do ambiente, fazendo isso, você garante um ambiente leve, moderno e agradável. Se você aplicar um revestimento vertical procure combiná-lo com o revestimento que está no chão. Se aplicar um piso com o tema tabuleiro de xadrez, combinando peças pretas e brancas, procure fazer algo parecido na parede também.

Revestimentos Ceramicos para Cozinha

Distanciando um pouco da parte de combinação dos pisos, vamos falar um pouco sobre a qualidade deles, e o que você deve saber sobre o assunto. A qualidade do esmalte do produto é medida por uma sigla que é a P.E.I. – Porcelain Enamel Institute. O PEI varia de 1 a 5, e em cada cômodo é ideal ter um nível.

O PEI1 e PEI2 é indicado a aplicação em paredes, que ficam em quartos onde passe menos gente, porque o esmalte é mais frágil.

O PEI3 é indicado para o restante da casa onde houver mais tráfego de pessoas, como sala, copa, cozinhas e banheiros.

O PEI4 e o PEI5 são indicados para lugares onde há bastante tráfego de pessoas, como garagens, lojas, restaurantes e até shoppings.

Para muitas pessoas é imprescindível que o piso apresente um esmalte diferenciado toda a sua vida útil, para que isso seja possível é necessário que o piso correto seja instalado no lugar cedo, daí a necessidade de saber desse índice.